top of page

NOTA DA ADUEMG SOBRE A PROPOSTA DE ALTERAÇÕES NAS RESOLUÇÕES CONUN 372/17 E COEPE 234/18

Ontem à noite a diretoria executiva da ADUEMG e a categoria docente foram surpreendidas com a informação que na reunião do Conselho Universitário (CONUN) que se realizará hoje – 17 de outubro – pautará a proposta de alteração da Resolução CONUN 372/17 (e a resolução COEPE 234/18), que afetará diretamente as condições de trabalho dos e das docentes da UEMG. Entre as propostas está a retirada das orientações de TCC dos encargos didáticos, a sobrecarga de trabalho em docentes que cumprem função de coordenadores e chefes de departamento, a retirada do limite máximo de 12 horas de encargos didáticos, entre outros pontos que aprofundam a precarização do trabalho docente em nossa universidade.


A ADUEMG vê nessas propostas de alterações mais um passo imposto pelo governo Zema em sucatear a universidade pelo caminho da piora de nossas condições de trabalho. Além de batalhar para que os salários (como de todo o funcionalismo estadual) sejam congelados por no mínimo nove anos via Regime de Recuperação Fiscal, agora ataca a nossa categoria via proposta encaminhada ao CONUN.


A Associação dos e das Docentes da UEMG (ADUEMG) se posiciona contra essa proposta, e pede para que os e as conselheiras do CONUN retirem esse ponto da pauta e/ou votem contra ela. Não podemos aceitar mais esse ataque a nossa carreira e a categoria. Precisamos de ações e políticas que visem não apenas a melhoria das condições de trabalho e valorização profissional, mas também medidas que busquem a consolidação de uma universidade pública, gratuita e de qualidade socialmente referenciada. O projeto neoliberal que o governo estadual tenta impor sobre nós é incompatível com a universidade que tanto desejamos.


Diretoria Executiva da ADUEMG




Comentarios


Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Nenhum tag.
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
bottom of page