top of page

Nota da diretoria da ADUEMG em repúdio ao título de cidadão honorário de Minas Gerais a Bolsonaro

A Diretoria da ADUEMG, seção local do ANDES – SN, vem publicamente repudiara atribuição do título de cidadão honorário de Minas Gerais conferido, e agendado para entrega no próximo dia 28 de agosto de 2023, a Jair Bolsonaro.


Dentre os muitos crimes que estão sendo investigados e até então atribuídos direta e indiretamente ao referido ex-presidente, estão o estímulo aos ataques antidemocráticos realizados no Palácio do Planalto no dia 08 de janeiro de 2023; o peculato e lavagem de dinheiro associados à prática ilícita de comercialização de bens públicos; além do financiamento a propagação de fake news, contestação da legalidade e lisura dos processos eleitorais, omissões envolvendo a gestão da saúde pública no período da pandemia da Covid-19 configurando um verdadeiro genocídio, dentre outros.


Por tudo isso e mais, é inadmissível que a Assembleia Legislativa de Minas Gerais e a atual gestão do governo estadual, representada pelo Romeu Zema, atribuam a referida honraria a uma pessoa que acumula tantas investigações, que atacou e ataca o serviço e servidores públicos, que ataca e criminaliza a educação e os/as educadores/as e que durante toda sua gestão estimulou políticas e programas que implicam nesses ataques.


Por fim, exigimos a revogação imediatada do Projeto de Lei de autoria do Coronel Sandro (PL) e sancionado pelo governador Romeu Zema em 2019, retirando portanto o título conferido, e repudiamos toda ação em favor desse projeto.


Belo Horizonte – MG, 25 de agosto de 2023



Diretoria Executiva da ADUEMG



Comentarios


Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Nenhum tag.
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
bottom of page