top of page

Em assembleia histórica, docentes da UEMG deliberam pela greve por tempo indeterminado




Na manhã dessa terça-feira (15/03), os e as docentes da Universidade do Estado de Minas Gerais - UEMG - realizaram sua Assembleia Geral Extraordinária. Convocada e organizada pela ADUEMG seção sindical do ANDES-SN, a categoria debateu a difícil situação em que a categoria se encontra, e os caminhos para se reverter a situação.


Com uma participação recorde de docentes, a assembleia começou com a saudação dxs deputadxs estaduais Beatriz Cerqueira e Betão, ambos da Comissão de Educação, Ciência e Tecnologia da ALMG. Deram suas saudações também a presidenta do Diretório Central dos Estudantes (DCE) da UEMG Camila Moraes, a diretora do ANDES-SN Rosineide Cristina de Freitas, o Vice presidente da Regional Leste do ANDES-SN Mário Mariano, e do vice-presidente da Adunimontes Ildenilson Meireles.


O não cumprimento do Acordo de Greve de 2016, a não continuidade das nomeações de concursados, a precarização do trabalho docente, o descaso do governo com a nossa profissão e o Regime de Recuperação Fiscal são alguns dos principais motivos que indignam a categoria docente e que pautaram o debate durante a assembleia. Após longo e participativo debate, a categoria votou por ampla maioria a decretação da greve por tempo indeterminado, que devido aos trâmites legais, começará na sexta-feira (18/03).





Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Nenhum tag.
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
bottom of page